Sala de nevoeiro

Sinto estranha a casa que sou.
O corpo um precipício entre a essência e o limite tangente à pele, sufocado de medusas saturadas em morfina.
A linha das mãos desenhos trémulos de cafeína a ondular à superfície dos estímulos. Abaixo dos olhos dois oceanos densos agrestes. O rosto sulcado entre incertezas de existir. Na ausência do espelho o corpo material desligado, o autómato, o alheio.
Sinto estranha a casa que sou.
As paredes de cal rasgado colapsam pedra-a-pedra, no oceano de dormências onde o tempo não passa nem termina.
No holograma psíquico despontam dos braços frágeis plumas negras.
Um cisne expõe o externo como quilha de uma caravela a cortar jogos de luz fria.
Renasce em solos de elegância e pés em sangue.
Faz-se da sonolência uma sala de nevoeiro.
Do desfocar das paredes roxas emergem rostos contornados a arame retorcido. Destacam-se do espaço entre a existência de textura física e a sombra suspensa que deixam na sua trajectória de voar.
Do chão quadrados de luz azul-verde acendem.
Do cetim escuro da noite desprendem-se negativos fluorescentes, decalques de relevo lábios perdidos.
No subsolo das unhas rastos da pele.
No subsolo da pele trilhos dos dentes.
No subsolo dos dentes nervuras de ânsia.
Sinto estranha a casa que sou.
As árvores inversas que trago no peito submersas em água salgada.
Do devir, uma faísca multicor toca o limbo das ausências, o oceano de poeira, a anestesia das medusas, o incessante zumbir da sonolência.
Alcança o quase-vivo. Do corpo petrificado despertam os insectos intravenosos no frémito calor da poesia.
Sinto estranha a casa que sou.
Escrevo.
Existo?

Anúncios

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s