Suposição

Eu devia era ter nascido nos anos 60, ter agora cinquentas e a calma que me falta para esperar que as coisas aconteçam, e se não, pouco me importar com isso. Ter a vida sólida e já não pedir muito mais.
Já ter passado pela idade em que tudo é inseguro, e conseguir viver à margem de hipocrisias e mesquinhices, de bagagem leve só com quem realmente importa. Já saber ter um escudo que só deixa chegar cá dentro quem merecer, e ficar quem fizer por isso, e estar calejada o suficiente para quem vai embora não doer.
Ter vivido os vintes na altura em que floresceu a liberdade, com espírito, ousadia e audácia, e poder sentir que era a geração dos reis de um país a dar passos largos para rebentar de cultura, os do verdadeiro carpe diem, os peter pans aventureiros e piratas que ergueram o que hoje sem olhar para trás se deita abaixo. Ter passado fome, ou perto, mas com esperança, e sem me deixar ir abaixo.
Geração dos casacos de pele e calça justa, ao contrário de hoje, com conteúdo, a fazer uso do que faz peso à caixa craniana.
Agora acordaria leve e de bem com a vida, com mais ou menos coisas boas, sabendo que os motivos essenciais para sorrir estavam lá. Saberia relativizar ansiedades, e deixar de perder o sono por coisas que interessam pouco, e daqui a um ano já nem memória são.
Viveria sem pressa, e talvez já soubesse saborear o que hoje engulo sem mastigar se quer…
Dissiparia ilusões sem me tornar amarga. Aceitaria que na vida tudo passa, sem querer que o tempo corra mas que no fundo nunca acabe.
Talvez soubesse por certo quem são os pilares que me sustém… mais que tudo, talvez soubesse amar-me e tornar os passos leves.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Suposição

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s