Carta perdida…

Não teria coragem de dizer-te que são para ti estas linhas, por medo que fujas ou ânsia… porque és asas e és âncora…

Mas amo o teu todo e cada pedaço… a medo, sobre chão de vidro, passo a passo… efémera inconstância de mágica chama fugaz….

Amo-te as mãos, nervosas, caladas, que dizem tudo entre silêncios e nadas… os dedos incertos em busca de rumo, os gestos quentes, bailado profundo…

Amo-te os lábios, linhas de magia… doces perdições, fruto agreste… limiares de beijos e palavras solventes… suave antecipação… intenso desejo, acutilante aspiração….

Amo-te os olhos, espelhos, navios, fragatas… poços sem fim, caminhos sem destino… labirintos dessa alma, quebra-cabeças alados… íman, vulcão… concisos núcleos desta paixão…

E amo-te a pele, o corpo, a expressão… as manchas, as unhas, as curvas infinitas… a anca, o peito, o abraço envolto e o coração arritmado…

E os suspiros e respirações estudadas… e os silêncios pesados e corpos entrelaçados… e os gemidos que escondem tudo o mais que se anseia…

A sede de um tango horizontal que queima… o arrepio, a vertigem, o sopro breve, aguçado… o deslizar dos segundos num delírio inesperado…

E o choque, a faísca, e tudo então… as almas que se fundem… eco, pausa, dimensão…

E amo-te a alma sem fim, cada pequena vulnerabilidade que escondes em espelho de luzes, fascina-me…

Cada fresta aberta para esse lado oculto e tão especial que não se vê…

Esse lado de menina indefesa, essa carência, todos esses fantasmas que te tornam digna de poema…

Tudo isso que vejo mais além do que parece… esses prismas que te fazem cisne negro…

És frágil, mas és fogo…

Tens como a lua duas faces, ambas encantam… o lado negro inexplorado faz-me querer-te ainda mais…

Anseio por abraçá-lo numa noite sem fim, fazer-te perder as amarras e vir navegar comigo sem rumo nem mapa, numa barca de loucura em rio de nevoeiro…

E escreverei então mais mil e um textos, das aventuras de um Marinheiro que olha as estrelas, espelhadas no olhar da mais multiplamente bela Sereia vinda dos mares: eterna-esperançosamente-um-dia-sua…

Anúncios

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s