Dona “Serra da Estrela”

                

 

               Cabelos cor de vida… suspiras histórias passadas que revives com toda a cor… és um ser vivo diferente, és um espectro de outro mundo, um mundo melhor, onde se vive de mãos dadas com a criança interior…

                As rugas na face são pegadas de sorrisos e de momentos que vives cheios de sabor… és realmente uma força da terra e ainda assim um anjo do céu, tens asas no coração… sentes o mundo e és do mundo o sentir…

                As mãos calejadas sussurram passados… lavravas a terra, sabias Bocage, sabias Camões… és tu a metáfora mais bela da natureza, a simplicidade da metamorfose da mais bela borboleta perpetua-se no teu olhar…

                Escrevo-te a ti esta carta, porque não a sabes ler… e talvez não entendas direito estes arabescos literários que tento fazer, mas não duvido que és tu quem a sabe sentir melhor…

                És um ramo da árvore da vida… diria quase certa que és de outra época, sim… o teu modo de sentir não pertence a estas gerações… ainda mal, para nós… muito temos a aprender contigo… serás tu parte daquela geração espiritual que se fala que está para vir…

                Tens a pureza do passado e uma sabedoria do futuro… não precisas de letras, não precisas de gramática, nem de equações… és a matemática dos pés descalços, és a metáfora que corre por entre os montes… és tudo isto e as palavras que me faltam…

                És “Mãe Coragem… e os seus filhos”… és o provérbio na boca e na alma, a força de expressão, o ditado popular …

                Os olhares que passam no compasso de viver, o gesto sábio, olhar atento… a criança reguila, as recordações ao vento…

                És os fados da Amália que me ensinaste em criança, a voz de sabor a mel sempre com fé e com esperança… e as rendas e o pão… és mãe-tempo, coração!


Anúncios

Um comentário sobre “Dona “Serra da Estrela”

  1. “SERRA ESTRELA”
    Quanta paixão e amor expressas a esta adorável mulher…
    Ela que está enrugada pela dura vida que teve e que sempre soube ocupar tão bem o seu lugar. Poderá haver muitas serras da estrela, mas como ela só há, uma “A MINHA MÃE”.
    Sensata, trabalhadora, honesta, atenta, compreensiva, grande amiga…
    Todos os adjetivos não chegam para a qualificar…
    E tu Inês, consegues descrevê-la como ninguém.
    UM GRANDE OBRIGADO
    Escreve, escreve sempre sobre tudo e todos. Deita cá para fora o teu sentir, a tua força, os teus sentimentosa, a tua garra…

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s