Cavalgada de estrelas

Olhei-me no espelho e vi aqueles olhos vazios, carentes, frios, sedentos de alma, de abraços quentes. Vi aquele ser rastejante, perdido no mundo, pobre viajante, tão só e vagabundo, nesta vida, mar sem fundo.
Vi os meus óculos baços a inspirar solidão, vi a minha barba áspera que te pica o coração… e olhei… olhei até me perder para lá da realidade… e olhei… olhei até adormecer sonhando com a felicidade…

Vi um cavalo a cavalgar no nevoeiro, nos meus olhos se perdia, no tempo eterno passageiro, cavalgava sem destino e corria o mundo inteiro, sentia na crina a vida com sabor a sentimento verdadeiro. Ondulava entre as nuvens, fantástico fogo alado, deslizava pelas estrelas, misterioso anjo disfarçado…

Esperava por ti, para cavalgar ao relento, doce anjo disfarçado, estrela guia do meu sentimento…
E cavalgaram tempos sem fim, dias e noites ao luar, correram entre pedaços de céu pelos sonhos sem lugar, teu cabelo ao vento dançava na fantasia, teu sorriso reluzente aquecia a noite fria.

E o piano tocava, fazia-me companhia, vendo-te desenhar com o cavalo movimentos de magia…

E o cavalo desceu, passou pela minha janela, entre as marcas da chuva secas vi o teu sorriso brilhar, trouxeste contigo pó de estrela, que me entrou pela janela, com o piano a tocar, levantou-se num vulto e começou a dançar, sussurrou-me ao ouvido que a Lua prometeu que ias dançar comigo tempos sem fim, dias e noites ao luar, envoltos em sentimento entre pedaços de céu sem lugar…

Fico assim à tua espera para irmos cavalgar, por cada estrela do céu, daremos um beijo ao luar…

Carlos Vieira

Anúncios

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s